Curso de Enfermagem integra campanha de vacinação contra a Covid-19


918  24 de março de 2021

Acadêmicos do curso de Enfermagem da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) integram a campanha de vacinação contra a Covid-19 que ocorre em Pelotas. O grupo de estudantes do sétimo e do nono semestres atua na aplicação de vacinas, assim como também colabora com uma série de atividades desenvolvidas pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde na orientação dos casos positivados. 

De acordo com a professora Luciene Primo, para além da experiência prática, os estudantes têm a oportunidade de atuar efetivamente como agentes da saúde do município. “Também será um legado à vida profissional deles participar de um momento histórico para o país e para o mundo no que tange a questão da saúde pública”. 

A atuação voluntária do grupo na aplicação do imunizante ocorre em diversos pontos de vacinação espalhados pelo município. Junto a Vigilância Epidemiológica, por exemplo, os estudantes contribuem com o trabalho desenvolvido na investigação e orientação dos casos registrados.    

Fora da linha de frente no combate à pandemia, os acadêmicos do curso participam dos serviços oferecidos pela rede de atenção primária à saúde junto às Unidades Básicas de Saúde (UBS) administradas pela UCPel. “A contribuição com a campanha reforça nosso compromisso social e humano, pilares tanto da profissão de enfermagem quanto da nossa universidade”, frisa a docente. 

 

Experiência para o futuro 

  

A acadêmica Isabella Bonneau conta que a experiência voluntária da turma do sétimo semestre vem sendo motivadora, especialmente pela possibilidade de ajudar as demandas do município. “Está sendo gratificante para todos nós levar uma dose de esperança para cada pessoa beneficiada em cada rodada de vacinação, trazendo a perspectiva de que vamos superar essa fase e sair ainda mais fortalecidos”, diz. 

Na avaliação da acadêmica Marina da Silva, atuar na campanha de imunização reverterá em amadurecimento profissional, por promover o aprendizado na medida que o conhecimento teórico torna-se uma realidade. “Por mais que eu tenha escolhido a enfermagem como profissão e sabendo de todos os seus desafios, jamais imaginei vivenciar uma pandemia”, comenta.

A mesma opinião também é compartilhada pela estudante Isadora Fernandes. “Vivenciar esse momento é uma oportunidade única e maravilhosa, por poder levar um pouco de esperança em meio ao caos que estamos vivendo”. Para Isadora, a cada nova vacina dada emerge o sentimento de renovação. “É uma variação de sentimentos bons identificar o olhar de cada um ao receber a vacina. São olhos que sorriem, e isso é muito gratificante”.  

 

Redação: Rita Wicth – MTB 14101 

Crédito foto: Rodrigo Chagas – Ascom 

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*

4 × dois =